POLÍTICA
outubro 8, 2013 por Saulo Prado

Por dentro dos partidos em Goiás

Por dentro dos partidos em Goiás
Com a grande quantidade de legendas, cientistas políticos apontam: não há ideologias nem como segui-las

Marcos Nunes Carreiro

Dos 32 partidos políticos do Pais, existem 30 partidos organizados de forma sistemática em Goiás. E como o período de filiações foi encerrado no sábado, 5, o Jornal Opção conversou com presidentes e dirigentes das siglas para traçar o perfil das legendas, com seus principais nomes, possíveis alianças e suas ideologias.

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)

Paulo de Jesus

- Principais nomes: Ma­rconi Perillo — o governador, mesmo que não diga, será provavelmente candidato à reeleição; Henrique Tibúrcio — o atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é apontado como a melhor filiação do partido realizada este ano e é possível candidato a deputado federal, assim como os secretários Alexandre Baldy (Indústria e Comércio), Giuseppe Vecci (Gestão e Planejamento) e Antônio Faleiros (Saúde).

- Possíveis alianças: PP, PTB e PSD

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos

- Ideologia e principais bandeiras: social-democracia, tendo como principal bandeira a gestão e o desenvolvimento do Estado. Essas foram as falas do presidente estadual da legenda, Paulo de Jesus. “Entendemos que as lideranças que se uniram ao partido abraçaram os ideais da Social Democracia e que estão apoiando o projeto de desenvolvimento de Goiás, comandado por Marconi desde 1998. Alguns serão candidatos, outros não.”

O objetivo do partido, além de continuar no governo, é voltar a ter cinco deputados federais e, no mínimo, 12 deputados estaduais. Os partidos de maior expressão na base do governo estão se estruturando para lançar chapa pura para deputado estadual. Ao todo serão 61 candidatos à Assembleia Legislativa.

Partido dos Trabalhadores (PT)

Ceser Donizete

- Principais nomes: Paulo Garcia e Antônio Gomide — os prefeitos de Goiânia e Anápolis, respectivamente, ainda configuram como os principais nomes para a disputa ao governo do Estado; Olavo Noleto — o subchefe de Assuntos Federativos da presidência da República é um forte candidato a figurar na chapa majoritária, mas também pode ir à Câmara Federal; Rubens Otoni — o deputado federal, que já foi cogitado para a disputa majoritária, deverá ir à reeleição; Edward Madureira — o reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG) é uma das maiores apostas do partido para a Câmara Federal; e o recém-filiado Iram Saraiva Júnior, que deve ir à Assembleia Legislativa. “Temos uma chapa importante com nomes por todo o Estado”, diz o vice-presidente do partido em Goiás, Ceser Donizete.

- Possíveis alianças: PMDB será a principal

- Tempo de TV: aproximadamente cinco minutos

- Ideologia e principais bandeiras: a questão ideológica do PT é a mais discutida e criticada no País atualmente. O partido surgiu como uma das principais forças da esquerda brasileira, mas já não é visto dessa maneira. Porém, segundo Donizete, a ideologia do partido continua sendo trabalhada. “Somos o único partido que seguimos uma orientação nacional de trabalho. Tudo o que falamos e fazemos é discutido tendo por base a postura nacional. Por exemplo, não coligamos com PSDB, DEM e PPS, que são os partidos de direita no Brasil. O campo do PT é da democracia popular. Sempre foi. Agora, nem sempre o que o partido defende é possível ser aprovado pelo governo”, declara.

O projeto do PT é eleger três deputados federais e seis ou oito deputados estaduais. Fora a chapa majoritária a ser definida juntamente com o PMDB. A possibilidade de o partido configurar como cabeça de chapa é grande.

Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)

Samuel Belchior

- Principais nomes: José Batista Júnior — Júnior Friboi é, hoje, o principal quadro do partido para disputar o governo do Estado, embora ainda haja possibilidade de que Iris Rezende, caso queira se candidatar, seja o nome peemedebista para essa disputa ou para o Senado; Dona Iris — a deputada federal provavelmente irá à reeleição, assim como os colegas Sandro Mabel e Pedro Chaves. Leandro Vilela deve tentar a Assembleia Legislativa; Barbosa Neto — ele deixou o PSB para se filiar ao PMDB e pode ser candidato tanto a deputado estadual quanto federal;

- Possíveis alianças: PT será a principal

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos e meio

- Ideologia e principais bandeiras: democracia.

Para o presidente estadual do partido, deputado Samuel Belchior, o partido vai para essas eleições muito melhor do que nas eleições passadas no que diz respeito às chapas proporcionais. “Isso parece não ter diferença, mas um deputado é quase um prefeito trabalhando pela cidade e pelo candidato a governador. E nosso trabalho é ampliar ao máximo esse quadro.”, declara.

 

 

Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)

Talles Barreto

- Principais nomes: Jovair Arantes — o deputado federal e presidente do partido em Goiás é o principal nome do partido. Ele tenta conseguir a vice na chapa majoritária do governador Marconi Perillo. Para esse cargo, poderá ser apresentado seu nome ou do presidente da Saneago, José Gomes da Rocha; Luiz Alberto de Oliveira, popularmente conhecido como Jiribita, o vice-prefeito de Águas Lindas de Goiás deixou o PMDB e se filiou ao PTB e pode ser candidato a deputado estadual, assim como os deputados que irão à reeleição, caso de Gracilene Batista, Marlúcio Pereira, Talles Barreto e Valcenôr Braz.

- Possíveis alianças: PSDB, PP, PSD

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos

- Ideologia e principais bandeiras: nacionalismo. Porém, segundo o deputado estadual Talles Barreto, os partidos atualmente valem mais pelas pessoas que pelas bandeiras. “Os partidos hoje não transferem bandeira identitária. As pessoas reconhecem os partidos pelos projetos e ações”, diz.

Partido Progressista (PP)

José Eliton

- Principais nomes: José Eliton — o vice-governador, e presidente estadual do partido, trabalha para continuar na posição compondo, possivelmente, com Marconi Perillo (PSDB); Ricardo Yano — recém-filiado, o presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) é o principal nome do partido à Câmara Federal; Pedro Canedo — pré-candidato a deputado estadual; Geraldo Messias — ex-prefeito de Águas Lindas também deve ir à Assembleia Legislativa, assim como Franco Martins — que foi candidato à prefeitura de Senador Canedo em 2012 pelo DEM.

- Possíveis alianças: PSDB, PTB e PSD

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos

- Ideologia e principais bandeiras: centro-direita, mesmo que esteja na base de apoio do governo Dilma Rouseeff. A isso, José Eliton explica que o PP se aliou à base nacional da situação que se diz de esquerda, mas tem mais ações de centro-direita. “Defendemos maior liberdade econômica no País, além do respeito ao pensamento da população brasileira”.

Fora os principais nomes, há muitos outros, que são apontados pelo vice-governador. A intenção do PP é semelhante a do PSDB: aglomerar nomes que possam contribuir com o partido na formatação do programa de governo, independente de serem candidatos ou não.

“Estamos trazendo figuras expressivas para formatar um partido com capacidade de elaboração de políticas públicas e um programa de governo que tenha aplicabilidade. Por exemplo, o maestro Eliseu Ferreira [maestro da Orquestra Filarmônica de Goiás] vem para somar na área de cultura e artes; o coronel Edson Araújo [ex-comandante-geral da Polícia Militar] tem muita experiência na área de segurança pública; Humberto Eustáquio [ex-presidente da Celg] é um dos nomes reconhecidos em cenário nacional na área de energia; e, assim, estamos investindo em todas as áreas da sociedade para que o partido tenha figuras expressivas que contribuam efetivamente com a formatação de um projeto consistente, além de auxiliar na aplicação desse projeto”, explica ele, dizendo que pretende estabelecer políticas de Estado e não de governo.
O objetivo maior do partido é disputar a presidência da República e o governo do Estado em 2018.

Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB)

Denes Alves

- Principais nomes: Leonardo Veloso — o ex-secretário da Agriculltura deve ir a deputado estadual; Ênio Tatico — também deve disputar vaga no Congresso; Denes Alves — presidente do partido, seu nome é um dos principais para disputar uma vaga na Câmara Federal, acompanhado do vereador de Goiânia Richard Nixon; Charles Bento — o também vereador da capital deve disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, assim como o vereador Fábio Lima.

- Possíveis alianças: PT, PMDB, PPL, PROS e PC do B

- Ideologia e principais bandeiras: as principais bandeiras do partido são a renovação política e a mobilidade urbana.

O objetivo da sigla é eleger três candidatos a deputado estadual e um federal. Dessa forma, a chapa será grande, como explica o presidente Denes Alves. “A situação do país deixa as pessoas preocupadas e os partidos políticos têm que trabalhar mais para reverter esse quadro. Nós, por exemplo, temos andado bastante para ter candidatos em todas as regiões do Estado”, declara. Para ele, as aposta devem ser feitas no novo, pois é o que a população deseja. Por isso, o partido deve apoiar a candidatura do peemedebista Júnior Friboi.

Partido Social Democrático (PSD)

Vilmar Rocha

Principais nomes: Vilmar Rocha — secretário da Casa Civil e presidente do partido é pré-candidato ao Senado; Heuler Cruvinel — o deputado federal deve ser candidato à reeleição, assim como Thiago Peixoto; além deles, há o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner e o deputado estadual Ademir Menezes; para a Assembleia Legislativa, o partido aposta na reeleição dos deputados Lincoln Tejota, Frederico Nascimento e Francisco Júnior; o vereador Virmondes Cruvinel também deve disputar vaga.

- Possíveis alianças: PSDB, PP e PTB

- Tempo de TV: aproximadamente três minutos

- Ideologia e principais bandeiras: centro. Contudo, segundo o presidente da sigla, Vilmar Rocha, essas definições funcionavam para os partidos europeus, que nasceram das ideologias. “Hoje, os partidos são pós-ideológicos. Isto é, são programáticos. O grande desafio, atualmente, é ser fiel ao programa estabelecido”. Para ele, a principal defesa do partido é por uma economia forte e que não depende exclusivamente do Estado.

Partido Social Cristão (PSC)

Joaquim Lima

- Principais nomes: ex-prefeito de Itauçu, Dr. Alvimar, é um possível candidato a deputado estadual

- Possíveis alianças: DEM e PSB

- Tempo de TV: aproximadamente um minuto

 

 

Partido Popular Socialista (PPS)
Darlan Braz

- Principais nomes: Nelson Soares — o professor apresentou desejo de se candidatar ao governo do Estado; fora eles, até o fechamento desta edição, o PPS ainda cogitava a filiação de Marcos Abrão, do PSDB, e a volta de Linda Monteiro. Os dois seriam possíveis candidatos a deputado federal.

- Possíveis alianças: há duas possibilidades: o presidente estadual do partido, Darlan Braz, diz que o partido está aberto a negociações. Inicialmente, o PPS conversava com a terceira via, mas é possível que fique na base do governador Marconi Perillo.

- Tempo de TV: um minuto

- Ideologia e principais bandeiras: centro-esquerda, que defende a ética e a democracia visando o desenvolvimento humano.

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Vanderlan Cardoso

- Principais nomes: Vanderlan Cardoso — o ex-prefeito de Senador Canedo é o principal nome da chamada terceira via tendo já se apresentado como pré-candidato a governador; o ex-governador Alcides Rodrigues se filiou na semana passada e também aglomera força ao partido podendo compor a chapa majoritária a ser complementada pelo deputado federal e líder do DEM, Ronaldo Caiado; Fernando Neto é pré-candidato a deputado estadual.

- Possíveis alianças: DEM, PSC e PRP são os principais partidos, mas há também o PDT, com que, garante Vanderlan, as conversas já estão bastante adiantadas. “Mantemos diálogos com a deputada Flávia Morais e com o presidente George Morais e a tendência é que essa parceria continue”.

- Tempo de TV: aproximadamente 1 minuto e 10 segundos

- Ideologia e principais bandeiras: a principal bandeira do partido, segundo o presidente e empresário Vanderlan Cardoso, é a gestão. “Queremos gestão eficiente e com planejamento, tanto a curto como a longo prazos”, diz.

Partido Republicano da Ordem Social (Pros)

Rodrigo Melo

- Principais nomes: Divino Rodrigues — o vereador Divino Rodrigues deixou o PSDC provavelmente para disputar vaga na Assembleia Legislativa, assim como seu colega de Casa e de partido Paulo da Farmácia.

- Possíveis alianças: PMDB

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos

- Ideologia e principais bandeiras: a principal bandeira do partido é a redução dos impostos, mas há outras pautas, como cidadania, segurança, saúde, habitação e bem-estar social, como indica o presidente do partido em Goiás, Rodrigo Melo. “A formação do cidadão é uma questão de conscientização e de educação. Cidadão é aquele que, como membro de um Estado, usufrui de direitos civis e políticos por este garantido e desempenha os deveres que, nesta condição, lhe são atribuídos”.

Partido Humanista da Solidariedade (PHS)

Eduardo Machado

- Os principais nomes: Capitão Wayne — presidente estadual do partido, que obteve 33.403 votos nas eleições para deputado federal de 2010; José Elias Fernandes — ex-peemedebista, ele já foi vereador de Goiânia, deputado estadual e prefeito de Araguarças; Marcelo Augusto — o ex-presidente da Câmara Municipal de Goiânia é uma das grandes apostas do partido para a Assembleia Legislativa; Edivaldo Ribeiro — conhecido como Edivaldo das Cosmed, o vice-prefeito de Inhumas pode sair a deputado estadual. Para deputado federal o principal nome é o de Eduardo Machado.

- Possíveis alianças: PTC, PRB, PSL, PT do B e PV

- Tempo de TV: acrescentam 18 segundos

O partido deverá participar de uma chapa alternativa, formada pelos pequenos partidos da base, para deputados federais. Serão 51 candidatos com o objetivo de eleger dois. Em relação a deputados estaduais, a sigla deve sair com chapa pura. Serão 82 candidatos com o objetivo de eleger 6. “Caminhamos com a base do governador Marconi Perillo e queremos Vilmar Rocha para o Senado”, diz o presidente nacional, Eduardo Machado.

Partido Trabalhista do Brasil (PT do B)

Edivaldo Cardoso

- Principais nomes: Deivison Costa — o vereador e ex-presidente do partido pode disputar vaga na Assembleia Legislativa; e Gleison Flávio — vereador de Aparecida de Goiânia.

- Possíveis alianças: PSDB

- Tempo de TV: entre 25 e 40 segundos

- Ideologia e principais bandeiras: a fala do presidente estadual do partido, Edivaldo Cardoso, vai no sentido de que, atualmente, o mundo já não é mais dividido entre orientações de esquerda, direita e centro. Segundo ele, a sociedade atual é pragmática e deixa o debate sobre a orientação ideológica de forma mais periférica. “O cidadão está imerso em um pragmatismo muito grande”. Para ele, o importante é que determinado agrupamento político consiga resolver aquilo que ele considera essencial. “Dessa forma, os partidos políticos refletem perfeitamente essa situação”, declara.

Partido da Mobilização Nacional (PMN)

Francisco Assis

- Principais nomes: Valter Paulo — atual presidente do partido em Goiás, o empresário é pré-candidato a deputado federal; Elias Júnior — o deputado estadual deverá ser candidato à reeleição, assim como Edson Automóveis.

- Possíveis alianças: PHS e PSL

- Tempo de TV: 33 segundos

- Ideologia e principais bandeiras: como diz o nome do partido, a principal bandeira é a mobilização nacional. De acordo com o secretário-geral do PMN, Francisco Assis, a sigla acredita que a mobilização do povo é essencial para mudar a situação atual do País.

O secretário-geral explica que o partido ficou seis meses tentando coligar com o PPS, o que acabou não acontecendo. “Então, nossa meta primária é a eleição dos deputados federais. Queremos fazer de dois a três estaduais e, no mínimo, um deputado federal. Serão 82 candidatos a deputado estadual”, diz.

Partido Comunista do Brasil (PC do B)

Isaura Lemos

- Principais nomes: Aldo Arantes — o ex-deputado federal poderá voltar a disputar um lugar na Casa; Tatiana Lemos — a vereadora é também segunda suplente da coligação que reuniu, no pleito de 2010, PP, PR, PSC e PDT, partido pelo qual disputou eleições; Isaura Lemos — a deputada estadual provavelmente irá concorrer à reeleição; e Denise Carvalho — ex-deputada estadual poderá disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

- Possíveis alianças: PT e PMDB

- Tempo de TV: próximo a dois minutos

- Ideologia e principais bandeiras: partido de esquerda, baseado nos princípios do marxismo-leninismo, que deverá configurar na chapa de apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), como indica a deputada estadual Isaura Lemos: “Estaremos juntos com os partidos da base do governo da presidente Dilma. Sabemos que alguns partidos estão deixando o apoio para lançar seus próprios candidatos, como o PSB, mas continuaremos.”

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Fernando Leite

- Principais nomes: professor Pantaleão — foi candidato a prefeito de Goiânia; Flávio Sofiati — o professor da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás (UFG), também é citado como à disposição do partido; e Washington Fraga — disputou vaga na Câmara Municipal e ficou como suplente.

- Possíveis alianças: PCB e PSTU

- Tempo de TV: aproximadamente um minuto e meio

- Ideologia e principais bandeiras: esquerda. O partido tem apoiado os movimentos sociais, sobretudo as greves e manifestações.

O PSOL, que faz oposição ao governo nas três esferas de poder (municipal, estadual e federal), passa por um momento de renovação tanto da cúpula nacional quanto dos diretórios estaduais, regionais e municipais do partido. Contudo, a legenda terá candidatura própria na chapa majoritária e deve se aliar a outros partidos para as proporcionais, como explica o professor Fernando Leite. “Devemos compor as chapas para o governo e para deputados federais e estaduais com os militantes de esquerda”, diz ele.

Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Marta Jane

- Principais nomes: Marta Jane — disputou as últimas eleições e ficou como suplente de vereadora.

- Possíveis alianças: PSOL e PSTU

- Tempo de TV: aproximadamente um minuto e dezoito

- Ideologia e principais bandeiras: esquerda, seguindo a linha socialista-comunista. E o partido, segundo Marta Jane, tem demonstrado isso nos últimos anos. “Nos afastamos do governo Lula justamente por entendermos que não conseguiríamos mais defender os ideais dos trabalhadores. Fizemos isso, mesmo antes dos escândalo do mensalão, devido à nossa perspectiva política, que não está ligada a essa manobra midiática que tomou o Brasil”, diz ela. Marta diz ainda que, atualmente, sobretudo em Goiás, não há diferença entre os blocos de situação e oposição. “É possível perceber que tanto PSDB quanto PT e PMDB têm praticamente as mesmas propostas. Eles estão em uma disputa por espaços de poder e não por projetos políticos”, analisa.

Solidariedade

Armando Vergílio

- Principais nomes: Armando Vergílio — presidente do partido em Goiás, o atual deputado federal é pré-candidato ao governo do Estado; Ney Nogueira — o deputado estadual, que era do PP, pode ser tanto candidato à reeleição quanto ir à Câmara Federal; além deles, há também o vereador Paulo Magalhães, ex-PV.

- Possíveis alianças: é possível que o partido acabe apoiando o PSDB tanto no cenário nacional como em Goiás

- Tempo de TV: aproximadamente dois minutos

- Ideologia: é um partido de centro-esquerda que, segundo o presidente estadual, deverá fazer a defesa dos trabalhadores e do setor produtivo. “E quando se fala de setor produtivo, falamos também dos empregadores, pois quando isso é feito defende-se também os trabalhadores”, afirma Vergílio.

De acordo com Vergílio, o programa de governo deve ser estruturado tendo em vista a diversidade do Estado. “Cada região tem sua própria necessidade. Um projeto macro não funciona. É preciso personalizar o programa e faremos isso”, relata.

Partido Republicano Progressista (PRP)

Gercyley Batista

- Principais nomes: o nome de Jorcelino Braga, presidente do partido, aparece como um dos principais; além dele, o radialista Jorge Kajuru será um dos nomes do partido a deputado federal.

- Possíveis alianças: PSB, DEM e PSC

- Tempo de TV: cerca de 40 segundos

- Ideologia e principais bandeiras: busca da reforma política. De acordo com o vice-presidente do partido, Gercyley Batista, a principal bandeira da sigla é renovar a gestão política de Goiás, além da aproximação de jovens e mulheres das cúpulas partidárias. O objetivo da legenda para 2014 é eleger um deputado estadual e um federal.

 

 

Partido Trabalhista Nacional (PTN)

Francisco Gedda

- Principais nomes: Francisco Gedda — inicialmente, seu nome foi cogitado para sair à Câmara Federal, mas, segundo ele, essa especulação não é verdade. “Minha pretensão é de ser candidato à reeleição, isto é, a deputado estadual para ajudar o próximo governador”.

- Possíveis alianças: PMDB

- Tempo de TV: aproximadamente 45 segundos

- Ideologia e principais bandeiras: o partido levanta como principal bandeira a questão da segurança no Estado. “Nós sabemos que a contração de efetivos está, atualmente, defasada. Precisávamos de, no mínimo, 20 mil policiais e estamos com 11 mil. Não podemos concordar com isso”, diz Gedda. Outra preocupação do partido é a educação e a saúde.
O partido irá apoiar a possível candidatura de Júnior Friboi (PMDB) ao governo do Estado.

Partido Trabalhista Cristão (PTC)

Fernando Meirelles

 

- Principais nomes: o partido irá buscar em seus quadros para compor as chapas

- Possíveis alianças: PRB, PHS, PSL e PT do B

- Tempo de TV: 40 segundos

- Ideologia: centro-direita

A intenção do partido é, segundo o presidente da sigla no Estado, Fernando Meirelles, coligar com os partidos que não tenham nenhum deputado eleito. “Senão estaríamos fazendo legenda para eles. Queremos fazer uma chapa de deputados estaduais e federais. Mas tudo será discutido mais adiante, pois todo o quadro pode mudar no decorrer das conversas”, diz.

 

Partido Ecológico Nacional (PEN)

Ailson Barroso

- Principais nomes: o partido irá apostar nos quadros próprios para disputar as eleições. Porém, há novos nomes que irão ao pleito. Edward Júnior é um exemplo. Saiu do PT para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

- Possíveis alianças: PHS, PSL

- Tempo de TV: aproximadamente um minuto

- Ideologia e principais bandeiras: sustentabilidade. O partido ergue a bandeira ecológica, como explica o presidente estadual do partido, Ailson Barroso.

 

Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)

Rubens Donizzeti

- Principais nomes: Rubens Donizete — foi candidato a prefeito de Goiânia nas últimas eleições.

- Possíveis alianças: PCB e PSOL

- Tempo de TV: aproximadamente um minuto

- Ideologia e principais bandeiras: esquerda. A luta é pela classe trabalhadora, o que não deixa o partido ver nas eleições grande importância. De acordo com Rubens Donizete, um dos principais nomes do partido, as eleições não são o foco do PSTU. “Sabemos que as eleições não irão mudar nada. Nenhum filiado tem um projeto político, mas aceitamos a tarefa, caso ela seja dada a um de nós. As eleições são apenas uma enganação e uma ilusão da classe trabalhadora. Então, continuaremos na nossa luta, como a questão dos professores em Goiânia e no Rio de Janeiro. Sempre deixamos as decisões acerca das eleições para mais tarde Teremos um congresso do partido no ano que vem e, apenas após esse evento é que definiremos essas pautas”, relata.

—————————————————————————————————————————————————

“Partidos políticos são aqueles que tomam parte. Mas não é o que acontece atualmente”

Se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tivesse aprovado a criação da Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, o Brasil teria 33 partidos políticos. Um número muito grande, até mesmo para os padrões brasileiros. Porém, o grande problema é na falta de identidade das legendas, isto é, na ausência de identificação ideológica.

Wilson Ferreira da Cunha, professor da Pontifícia Uni­versidade Católica de Goiás (PUC-GO), cientista político e antropólogo, diz que, atualmente, os partidos não tomam posição, ou seja, parte nas discussões e na postura diante das ações. Para ele, não existe no Brasil ideologia no âmbito político partidário.

“Os partidos são frutos do casuísmo e o País sofre com essa quantidade enorme de partidos. Essa situação faz com que nossa democracia seja cada vez menos desacreditada”, diz. Ao citar o descrédito, o professor cita a última pesquisa Serpes, publicada no último domingo 29, que trouxe mostrou o grande descontentamento da população com a classe política. Mais de 80% dos entrevistados acham os políticos desonestos.

“As pesquisas mostram que a maioria da população considera os políticos desonestos. E isso se dá porque eles [os políticos] tiveram um trabalho para conseguir esse descrédito. As pessoas não acreditam mais, porque nesses últimos onze anos, principalmente, não houve oposição firme e, sim, um balcão de negócios”, analisa ele traçando um paralelo com o governo petista.

Segundo ele, o ideal seria que os políticos colocassem profissionais de outras áreas para realizar trabalhos e ajudar na composição dos partidos, pois, ao não fazer isso, a classe demonstra que tem interesse próprio e não republicano. “As próximas eleições serão determinadas em cenário nacional. Mas a perspectiva não é muito agradável. Nossa elite política deveria ser como a elite intelectual, artística e até mesmo futebolística: mostrar trabalho. A população agradeceria”, aponta.

Fonte: Jornal Opção

As ultimas noticias

  • Preço do gás de cozinha aumenta até 10% em setembro
  • Com 127 anos, mexicana se torna a pessoa mais velha do mundo
  • Indústria de alimentos retira 1,3 mil toneladas de sódio de produtos
  • Lista gigante circula nas redes sociais com supostas fotos íntimas de famosos. Veja quem foi vítima
  • Ciclista mineirense vai representar Brasil na Noruega
  • Roberto e Erasmo Carlos movem processo contra deputado Tiririca
  • Gás de cozinha em Goiás vai ter reajuste de até 10% no preço
  • Amendoim é alternativa para rotação nas áreas de canaviais
  • Com show de Erik, Goiás vence Atlético-PR e se reabilita no Brasileiro
  • “Duas caras é quem mente”, diz Gomide, sobre declaração de Marconi Perillo
  • Ventos fortes em São Paulo causam pânico nas pessoas e algumas ficam feridas
  • “Goiás quer Paz”: manifestação mobiliza pessoas por justiça para os casos de assassinatos de mulheres

Faça seu comentário no final desta página...

Nosso autor

Saulo Prado: Editor e fundador do Plantão de Policia JTI, Blogueiro desde 2005. Concluiu o Curso de Jornalismo online em 2012, trabalhou por vários anos na assessoria de vários políticos goianos. É escritor e poeta, e dono do consagrado Blog de poesias Meu Mundo Quadrado.

Veja todos os artigos de Saulo Prado

Curta nossa pagina no Facebook

Noticias Policiais

Resumo policial do fim de semana
Comentários desativados

Resumo policial do fim de semana

01 setembro, 2014

Os destaques das ocorrências registradas nas últimas 48 horas ficam por conta de duas tentativas de  homicídio: A primeira delas, foi as 19h30 de ontem (31) na Av. W5, no...

Noticias de Entretenimento

Roberto e Erasmo Carlos movem processo contra deputado Tiririca
Comentários desativados

Roberto e Erasmo Carlos movem processo contra deputado Tiririca

01 setembro, 2014

Em entrevista ao Amaury Junior, ainda inédita, Erasmo Carlos diz que ele e o Roberto também estão entrando com um processo contra o Tiririca. Há poucos dias, a Sony/ATV Music...

Noticias de Jataí

Secretaria de Cultura convida para o Forró Folia
Comentários desativados

Secretaria de Cultura convida para o Forró Folia

29 agosto, 2014

Por Vinícius Esteves FONTE/ASCOM PREFEITURA

Noticias do Brasil

Gás de cozinha em Goiás vai ter reajuste de até 10% no preço
Comentários desativados

Gás de cozinha em Goiás vai ter reajuste de até 10% no preço

01 setembro, 2014

O Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás da Região Centro Oeste (Sinergas), anunciou que o preço do botijão de gás sofrerá reajustes de até 10% a partir do mês de...

Noticias Internacionais

Lista gigante circula nas redes sociais com supostas fotos íntimas de famosos. Veja quem foi vítima
Comentários desativados

Lista gigante circula nas redes sociais com supostas fotos íntimas de famosos. Veja quem foi vítima

01 setembro, 2014

Tem muito famoso de cabeça em pé em Hollywood. Uma lista gigante com nomes de estrelas que teriam supostas fotos íntimas roubadas por hackers está circulando pelas redes sociais. As...

Noiticias de Goiânia

“Goiás quer Paz”: manifestação mobiliza pessoas por justiça para os casos de assassinatos de mulheres
Comentários desativados

“Goiás quer Paz”: manifestação mobiliza pessoas por justiça para os casos de assassinatos de mulheres

01 setembro, 2014

Uma manifestação ocorreu, neste sábado (30), para pedir justiça para o caso dos assassinatos de mulheres em Goiânia. A mobilização começou na Praça Cívica, setor Central, e os manifestantes caminharam...

Noticias Politica

“Duas caras é quem mente”, diz Gomide, sobre declaração de Marconi Perillo
Comentários desativados

“Duas caras é quem mente”, diz Gomide, sobre declaração de Marconi Perillo

01 setembro, 2014

A declaração de Gomide foi uma resposta as críticas do governador Marconi Perillo, que chamou o petista de “duas caras” O candidato ao governo de Goiás pelo PT, Antônio Gomide,...

Noticias de Rio Verde

Adolescente é morto a tiros na vila Borges
Comentários desativados

Adolescente é morto a tiros na vila Borges

31 agosto, 2014

Na noite desse sábado (30), o jovem Antonio Marcos de Oliveira Ferreira de 17 anos foi alvejado na cabeça por vários disparos de arma de fogo, ao sair de uma...

Noticias de Mineiros

Ciclista mineirense vai representar Brasil na Noruega
Comentários desativados

Ciclista mineirense vai representar Brasil na Noruega

01 setembro, 2014

Depois de conquistar importantes títulos nacionais de ciclismo, Leonardo Cruvinel, ultrapassou as fronteiras de vários obstáculos inclusive o de que “santo de casa não faz milagres” e outros preconceitos, mas...

Contribua com o site comprando em nossos patrocinadores…

Comentários desligados.

Comentários do Facebook